Menu

ACOMPANHE NOSSO BLOG

Aqui compartilhamos com vocês as experiências e dicas de nossas últimas viagens! 

Samantha Lucidi
06/12/2017

Muita gente me pergunta sobre esse assunto. Será mesmo que vale a pena contratar um seguro para o período da viagem? Bom eu te digo: Não viaje SEM seguro! Eu mesma já precisei usar e foi a salvação. Então não subestime esse item na sua viagem, afinal de contas o valor que você vai pagar nele, normalmente é irrisório se você olhar o custo total da viagem. Veja aqui alguns tópicos interessantes para refletir:

1)      Qual a diferença do seguro do cartão para o seguro viagem da seguradora?

A principal diferença é que, o seguro viagem do cartão de crédito escolhe qual plano o cliente pode utilizar e, muitas vezes, a cobertura disponibilizada não é a ideal para a viagem que o segurado está fazendo.

Além disso, por ser um serviço adicional, o seguro dos cartões de crédito trabalha majoritariamente com o serviço de reembolso, ou seja, caso você precise de atendimento no exterior, irá precisar desembolsar o dinheiro que tiver para pagar pelas despesas médicas.

Já com as seguradoras, é possível escolher o plano que melhor encaixa no tipo de viagem que a pessoa for fazer, garantindo a cobertura ideal, além de trabalharem com uma rede conveniada, onde o segurado não precisa pagar nada, caso necessite de atendimento.

O seguro viagem possui toda assistência em caso de necessidade, como médico, hotel, direcionamento da rede hospitalar mais próxima e, em caso de traslado de corpo, a seguradora cuida de todo o processo.

2)      Vale a pena utilizar apenas o seguro de viagem do cartão de crédito?

O benefício oferecido por algumas categorias de cartões pode até parecer economia, mas a cobertura disponibilizada pode ser insuficiente para a viagem planejada. Nas principais empresas do mercado – como Visa, Mastercard, American Express – esse serviço está disponível apenas para portadores das bandeiras superiores, como platinum e black.

Além disso, para ter direito ao seguro, a compra da passagem deve ter sido realizada pelo cartão de crédito e a viagem deve ter duração máxima de 30 dias. Quem viaja para fazer intercâmbio ou mochilão terá que contratar um seguro viagem direto da seguradora. Práticas de esportes e complicações na gravidez também não costumam ser cobertas.

Por isso, mesmo tendo direito a esse benefício, é preciso estar bastante atento a cobertura. O ideal é sempre ligar para a central do cartão, avisar que vai viajar e solicitar as condições gerais da cobertura de do seguro viagem disponibilizada.

Lembre-se também de comparar o seguro das operadoras de cartão de crédito com os planos das seguradoras. Além de serem especializadas em seguros para viagem, essas empresas possuem planos mais completos e mais opções de cobertura.

Você vai viajar e ainda não tem um seguro? Clique no link abaixo e faça com a gente um seguro bom, confiável e prático, ajustável às suas necessidades… e boa viagem!

Compartilhar

Essa foi a minha terceira ida à Tiradentes. A cidade é linda, bem típica do interior de Minas e muito acolhedora. Fica há mais ou menos 4 horas e meia do Rio e 6 horas de São Paulo.

Apesar de pequena possui um calendário de eventos muiiito movimentado! Você pode conferir o calendário completo nesse link: http://www.tiradentes.mg.gov.br/pagina/6451/Calend%C3%A1rio%20de%20Eventos

Fomos no feriado de 2 de novembro, portanto saímos do Rio no dia 1/11 no final da tarde e chegamos a Tiradentes no início da noite. A estrada está ótima e muito bem sinalizada, e o que eu mais gosto dessa história de passar feriados prolongados em Minas é que assim, conseguimos fugir do trânsito louco que toma conta das estradas que vão em direção à praia.

Dessa vez nos hospedamos na Pousada Solar da Imperatriz. Eu super recomendo essa pousada linda! A pousada é linda, decoração de super bom gosto e muito bem localizada! A sua localização não podia ser melhor, ela fica bem na entrada do Centro Histórico da cidade, à uma distância que você consegue ir e voltar do centro à pé sem nenhuma dificuldade. O staff da pousada é M-A-R-A-V-I-L-H-O-S-O!!!! Eles fazem de tudo para agradar os hóspedes e parece que a gente está no quintal da casa. O café da manhã de lá, posso dizer que é um dos melhores que já comi em toda minha vida, com bolos e sucos fresquinhos e pão de queijo feito na hora. Os quartos são espaçosos e a roupa de cama de muito boa qualidade (isso para mim faz toda a diferença). A pousada acabou de construir uma piscina novinha e sauna também. São 5 categorias de apartamentos, num total de 22 e também tem um chalé de 2 quartos  que pode atender a uma família. Aqui segue o link da pousada com todas as informações:http://solardaimperatriz.com.br/

      

  

 

 

Tiradentes é uma cidade muito cultural, cheia de ateliers de artistas locais que valem uma visita. Um atelier que eu amo é o do artista Oscar Araripe. O atelier é lindo e as obras dele são maravilhosas,  vivas e coloridas. Além disso tudo, o próprio Oscar, te receberá muitas vezes. Em uma conversa com ele, você saberá de muitas histórias da cidade e terá o prazer de bater um papo com esse artista tão inteligente e simpático.Para conhecer um pouco de sua obra e de sua Fundação, localizada bem na rua da Igreja da Matriz, visite seu site: http://www.oscarararipe.com.br/

E por falar na Igreja Matriz de Santo Antônio, não deixe de visitá-la. A Igreja é linda e a mais antiga de Tiradentes. Toda no estilo Barroco e Rococó, possui obras de Aleijadinho e a vista lá do alto rende fotos divinas!

             

Se você gosta de artesanato local, a cidade é uma perdição! Você vai enlouquecer e voltar com o carro muito mais lotado de compras do que imaginava! No Centro histórico tem lojas de muito bom gosto e com todos os tipos de artesanatos que você pode imaginar…desde peças de louça com estanho até rendas.

Uma dica excelente é a cidade de Bichinho, que fica há mais ou menos 7 km de Tiradentes. A melhor dica para quem vai a Bichinho com crianças é fazer uma parada na Casa Torta. Um espaço lúdico e interativo. Na Casa Torta não tem sinal de Wi-Fi e nem funciona telefone, exatamente para as crianças esquecerem da tecnologia e se entregarem às brincadeiras. Tem um quintal inspirador, tem jogos de tabuleiros, cama elástica, caça ao tesouro, lojinha e enquanto as crianças estão brincando, os pais podem parar para tomar um delicioso cafezinho com quitutes locais! A entrada aos finais de semana custa R$10,00 por hora. Para as mulheres que gostam de peças coloridas, tem um atelier lindo que se chama Fredolina. Se você resolver passar por lá, vai encontrar a simpática proprietária confeccionando as bolsas e bijouxs artesanais, cada uma mais linda que a outra.  Essa cidade não tem nada além de um povo simpático, muito artesanato e um restaurante de comida típica mineira da D. Angela. O restaurante possui um enorme fogão à lenha aonde ficam todas as panelas à disposição dos fregueses com todo o tipo de comida típica, muito saboroso por sinal! Portanto programe-se um dia para fazer suas compras por lá e aproveite e almoce na D. Angela. Todo mundo na cidade sabe aonde encontrá-la! O restaurante fica tão lotado aos finais de semana e feriados que é necessário fazer uma reserva pelo telefone (32) 3353-7010.

Um restaurante imperdível em Tiradentes é o Pacco & Bacco. A comida é excelente e o atendimento também. Eles tem uma ótima carta de vinhos e o ambiente é lindo! Na mesma rua, um pouquinho mais à frente tem também o tradicional Tragaluz, de comida típica mineira. O Tragaluz tem pratos tipicamente mineiros e tem a melhor sobremesa que comi na vida! Uma sobremesa de goiabada grelhada com queijo e sorvete de goiaba…Gente, essa sobremesa é imperdível e inesquecível!

No caminho para Bichinho,mas bem pertinho de Tiradentes tem também o Pau de Angu, outro restaurante de comida típica deliciosa!

Aqui embaixo, listo alguns dos sites de lugares recomendados para que vocês possam ter maiores informações. O Pau de Angu, a Casa Torta e o Atelier Fredolina , eu não encontrei o site maspodem ser facilmente encontrados nas suas fan pages.

www.paccobacco.com.br

www.tragaluztiradentes.com

 

 

 

Compartilhar

A linda vista do Lavandário de Cunha!!!

 

Quer conhecer um lavandário? Você não precisa ir a Provence… Em Cunha, uma pequena cidade na divisa entre São Paulo e Rio de Janeiro existe um lindo lavandário aberto à visitação.

Uma sugestão é combinar essa visita com uma visita à linda e histórica Paraty. O lavandário fica a 39km do centro histórico de Paraty, na rodovia SP-171 Guaratinguetá/ Paraty. Fica do lado esquerdo de quem vem de Cunha e direito de quem vem de Paraty e tem um portão com umas bandeiras enormes   cor de lavanda para identificação. O ingresso está custando R$10 a inteira e R$5 a meia. O acesso de carro é fácil e a estrada está em excelentes condições.

Estive lá pela segunda vez agora no feriado de 12 de outubro e achei lindo como da primeira vez!

A propriedade é super bem preservada e possui placas de identificação dos vários tipos de lavanda. Você pode andar por entre as plantações sentindo o cheirinho de lavanda no ar. Fica localizado na Serra, portanto, dos campos você tem vistas incríveis e tira fotos maravilhosas. Além disso tem uma lojinha que vende vários produtos de lavanda e até uma cafeteria onde você pode provar um sorvete de lavanda e várias iguarias feitas com a planta!!!!

Mapa do trajeto Paraty a Cunha

 

Para maiores informações segue o link com a página do Lavandário:

www.lavandario.com.br

Compartilhar
Samantha Lucidi
10/10/2017

                

Confesso que não levava muita fé nessa viagem ao Uruguai. Após conhecer o Chile e a Argentina não achei que este pequeno pais pudesse me surpreender mas…. voilá! Incrível feriado esse que tivemos!

Para começar, 4 a 5 dias é bem tranquilo para conhecer Montevideo e Punta del Este. Inclusive, a distância entre essas duas cidades não é mais do que 2h e numa estrada super tranquila! Então ai vai nossa primeira dica: alugue um carro no Uruguai! Você não vai se arrepender!

Ficamos dois dias em Montevideo, o que foi bom para conhecer os principais pontos turísticos e também para dedicar um almoço na vinícola Bouza! Uma peróla no Uruguai! Essa vinícola extremamente artesanal, com produção anual de apenas 110mil garrafas de vinho é simplesmente maravilhosa e fica a apenas 30 minutos de Montevideo. O almoço com degustação é imperdível, então coloque isso no seu roteiro independente de quantos dias você pretende ficar no Uruguai!

Da Bouza, seguimos para Punta del Este. Lindo lugar, com muito charme e muitas opções de restaurantes. Há uma hora de lá, está a Bodega Garzon… Ainda mais gostoso que a Bouza, na nossa opinião! Além de vinhos, eles também produzem azeiter. E eles fazem parte da degustação! Nós simplesmente amamos esse lugar! Certamente muito maior e mais profissionalizado mas igualmente lindo e delicioso! E os vinhos top com um precinho fantástico!

Importante! Se você planeja visitar uma das duas adegas, não deixe de reservar. Ambas tem poucos lugares por dia e corre o risco de você chegar e não conseguir fazer o tour ou almoçar por lá.

Vejam abaixo os links com todas as informações para as duas adegas:

http://bodegabouza.com/

https://bodegagarzon.com/pt/

Compartilhar
Talita Furtado
07/10/2017

     

Em um de meus passeios pela Toscana, sem maiores pretensões, acabei me deparando com essa linda igreja em estilo romântico toda revestida em mármore Travertino. Em meio à uma paisagem rural onde se vê vinhedos, oliveiras e lavanda para todos os lados você encontra essa linda igreja!

Há apenas 15 minutos de carro do centro de Montalcino, você encontrará Castellnuovo dell´Abate onde fica a Abadia. A construção se deu entre os séculos XI e XII no período romântico. Existe uma lenda que diz que o Imperador Carlos Magno foi a Roma para uma peregrinação e na volta passou por uma forte epidemia de peste, quando ele se ajoelhou e prometeu que se seu exército sobrevivesse, mandaria construir  um monastério em agradecimento, fato que não se comprova pois o primeiro documento encontrado sobre a abadia é datado no ano de 814.

A abadia é muito visitada pelos turistas que andam pela Toscana e procuram ouvir o canto gregoriano cantado pelos monges que acontece diversas vezes por dia e eu confesso que mesmo não sendo uma pessoa muito católica, me emocionei muito e esse foi um dos melhores passeios que fiz na Toscana!

Para conferir os horários do canto, veja o link: http://www.antimo.it/le-ore-della-preghiera/preghiere/

 

Compartilhar
Talita Furtado
06/10/2017

Como muitos de vocês já sabem, eu sempre amei viajar! Sempre, sempre, sempre, e acho que será até o fim assim. Em todos os lugares que vou, sou sempre uma referência nas viagens. Amigos, parentes e colegas de trabalho sempre vem a mim buscar dicas e conselhos de como organizar isso ou aquilo em uma viagem e eu obviamente dou meus pitacos!!!

Comecei apenas viajando e descobrindo novos lugares, o que já era bom demais! Após algumas viagens, decidi me organizar um pouco mais e comecei a fazer pesquisas e ler muito sobre o meu próximo destino antes da viagem chegar. De lá para as planilhas, foi apenas um pulo e a partir daí, me tornei uma especialista no assunto! Sempre que tenho um próximo destino à vista, pesquiso, pergunto aos amigos que já foram, leio muito sobre o destino, até saber tudo que eu preciso, antes da data chegar.

Viajar organizadamente é muito trabalhoso e eu diria que requer um certo conhecimento da causa. Entretanto, saber se organizar ou contar com uma ajuda profissional para isso, pode economizar muita dor de cabeça e alguns prejuízos. Essa tarefa nem um pouco fácil, porém, para mim extremamente prazerosa, demanda tempo e  muitas vezes o próprio viajante não tem esse tempo disponível.

Por essa razão, e pela minha paixão por viagens, resolvi profissionalizar meu conhecimento. Muitas pessoas querem e sonham em viajar, mas não sabem como começar o planejamento. Eu e a Samantha, temos todo esse know how e certamente sabemos como fazer sua viagem acontecer da melhor maneira possível. O sucesso da sua viagem começa no bom planejamento da mesma. De que adianta gastar uma fortuna para conhecer o destino dos seus sonhos, se você vai na época errada? De que adianta conhecer aquela paisagem que você sempre quis, debaixo da chuva?

O nosso serviço consiste não somente em venda de viagens, mas em uma consultoria, para que o seu sonho vire realidade e para que as suas tão sonhadas férias não sejam frustradas!

Compartilhar
Talita Furtado

 

Fico aqui tentando buscar um adjetivo que melhor descreva Veneza, e até hoje o que mais se encaixa na minha opinião é dizer que Veneza é simplesmente uma cidade singular!

Esse adjetivo pode ser observado sob o ângulo positivo ou negativo, mas para que você tenha uma viagem inesquecível a Veneza é importante se ligar nas dicas abaixo:

 – Faça uma viagem bem programada e se possível inclua Veneza no início do seu roteiro, assim você evitará as malas muito cheias e carregar um peso absurdo! Caso não haja outra alternativa e Veneza tenha que estar ao final da sua viagem, use os guarda volumes da estação de trem Marco Polo, e carregue somente uma bolsa pequena com o que você vai precisar durante a sua estadia na cidade. Se você já conhece a cidade sabe porque estamos dando essas dicas, se não conhece ainda, simplesmente siga nossos conselhos e tenho certeza que você não irá se arrepender!

– Me lembro quando conheci a cidade que a Samantha me explicou muito sobre a logística e como funcionava a história do transporte de vaporeto, e, sinceramente eu não conseguia visualizar uma cidade aonde só se ande de barco, enfim…só me dei conta das particularidades da cidade uma vez lá e aí pensei..”se tivesse me informado mais poderia ter evitado vários perrengues”…

 – Tenha em mente que mesmo com todos os perrengues que você pode ou não passar, Veneza é uma cidade incrível e inesquecível! Você não se arrependerá jamais de ter ido até lá!

 – Essa história de evitar Veneza no verão por causa do cheiro da água nessa época é lenda…o cheiro da água pode estar terrível em qualquer estação, mas…eu aconselharia a evitar Veneza no verão pela super lotação da cidade e pelos preços caríssimos que são praticados nessa época. Veneza não é uma cidade barata nunca, e no verão se torna ainda mais cara!

 – Hospede-se em Veneza e não nos arredores. Muitas pessoas vão aconselhar você a não se hospedar em Veneza, ficar nos arredores e ir e voltar todos os dias. Eu, sinceramente acho que isso não compensa financeiramente, além do que, a experiência de ficar hospedada em  prédios antiquíssimos trará à você a indescritível sensação de viver alguns dias como um autêntico veneziano!

 – Se você gosta de hotéis modernos e apartamentos clean, mude suas expectativas, você não irá encontrar isso em Veneza! Não faz parte nem da cultura e nem da história de Veneza!

 – Esqueça do seu relógio no final do dia na Piazza San Marco e pare, sem pressa alguma  para escutar músicos tocando violinos e harpas! É um belo espetáculo e muito emocionante! Veneza é a cidade mais romântica da Itália e ao som da música clássica tocada à frente da Igreja San Marco ao entardecer é uma experiência que você tem que viver!

 – Quando chegar a cidade tenha todas as direções de como se chega no seu hotel. Isso é muito importante! Encontrar um endereço sozinho em Veneza é uma missão quase impossível, portanto pegue as direções no site do hotel, mande email e pergunte aos amigos que já foram. Não é nem um pouco agradável ficar perdido pela cidade sem saber para onde ir, com malas e provavelmente cansado da viagem.

 – Não tenha medo da maré alta. Os hotéis irão te avisar com antecedência se isso for acontecer e a cidade está preparada para esses casos, além do mais, o evento não costuma durar mais de 2 horas.

 – Nunca pense em ficar mais de 3 noites! Honestamente acho que 2 noites são mais do que suficiente, mas tudo bem se você ficar 3 noites, afinal não sabe se um dia voltará lá!

E a dica final é…compre o passe de vaporeto para  a quantidade de dias que você ficará na cidade. Você usará muito e a economia é enorme se usar o passe diário ao invés de passes individuais.

Compartilhar

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Acompanhe tudo o que acontece em nosso site e nosso blog
assinando nossa newsletter!