7 ATIVIDADES DIFERENTES PARA FAZER EM PARIS

Paris é a cidade mais visitada do mundo, sonho de homens, mulheres e crianças. Muitas vezes ao visitar a cidade das luzes, os turistas acabam seguindo estritamente a rota clássica dos pontos turísticos e não conseguem ter uma real experiência francesa, o que para mim, é uma das partes mais bacanas de viajar.

Através desse post, vim dar algumas dicas para vocês de como aproveitar melhor a sua ida à Paris, saindo um pouco do roteiro clássico…

A primeira dica tem a ver com fotos! Quando você vai à Paris e pensa em tirar uma foto com aquela visão panorâmica da cidade, eu aposto que dois lugares imediatamente vêm à sua mente: a Sacre-Coeur e o topo da Torre Eiffel. Obviamente, não há nada de errado com esses lugares, as fotos por sinal ficam maravilhosas. Mas o fato da cidade ser abarrotada de turistas o ano inteiro, faz com que esses locais fiquem extremamente lotados, e aí fica difícil tirar aquela foto tão desejada. O que muitos não sabem, é que no último andar da Galeria Lafayette, tem um lindo terraço com uma vista incrível de Paris! Por não ser tão conhecido, tirar a sua foto lá não vai ser missão impossível e de quebra você ainda tem a vista da Torre Eiffel, Ópera Garnier, Arco do Triunfo e outros pontos turísticos, além, é claro, dos lindos telhadinhos franceses!

Parque Buttes- Chaumont

A segunda dica é o parque Buttes- Chaumont. Esse é um dos maiores parques de Paris e fica localizado no 19th arrondissement da cidade. Lá você encontra um

parque enorme, com um lago, pontes suspensas que se conectam a uma ilha rochosa, e que no topo tem o lindo Temple de la Sybelle. Visitar o parque é uma ótima maneira de conhecer um pouco mais dessa região de Paris, conhecida por ser muito artística e cultural, além de poder descansar, fazer piquenique e entrar em contato com a natureza.

L’as du Fallafel, localizado na Rue des Rosiers, no bairro Le Marais.

A terceira dica (uma das minhas preferidas) é: comer um falafel no L’as du Fallafel. Localizado na Rue des Rosiers, no bairro Le Marais. Esse restaurante é uma estrela que brilha escondida (mas nem tanto) na cidade

de Paris. Com opções para todo tipo de pessoa, esse falafel é conhecido por ser O melhor! E além disso, fica bem próximo ao Centre Pompidou, que é um enorme complexo arquitetônico, casa do Museu Nacional de Arte Moderna. Vale a pena conferir!

O lema do La REcyclerie é Reduzir, Reutilizar e Reciclar.

La REcyclerie: o La REcyclerie é um lugar único! Ocupando a antiga linha de trem Ornano, esse restaurante se mostrou a cara do futuro. Um lugar jovem e sustentável, uniu um restaurante/café com uma oficina onde você leva aparelhos domésticos ou móveis e eles consertam para você. O lema do La REcyclerie é Reduzir, Reutilizar e Reciclar. Muito legal, né?

As Passagens Cobertas de Paris :essas passagens cobertas por telhados de vidro, são uma característica arquitetônica tipicamente parisiense. A maioria delas agora abriga lojas, salões de chá e restaurantes. Há cerca de 20 delas em Paris na área dos Grands Boulevards. Uma das mais antigas, a Passage des Panoramas, foi construída em 1799. Cada passagem tem sua própria característica. Passagem Brady, comumente

Galerie Colbert

conhecida como Little India, abriga inúmeras lojas indianas, paquistanesas, mauricianas etc. A Passage Verdeau abriga numerosos antiquários. Quanto à Passage du Caire – a mais longa e a mais estreita da capital (mais de 360 ​​metros de comprimento) – tem uma grande concentração de atacadistas em roupas prontas para usar, bem como outros fabricantes de roupas. A Galerie Vivienne ao lado do Palais-Royal é uma das mais visitadas passagens cobertas. A vizinha Galerie Véro-Dodat tem muitas lojas de luxo, como a boutique de oficina de Christian Louboutin. A Passage du Grand-Cerf, uma estrutura de 12 metros de altura feita de metal e ferro forjado, é uma das passagens mais espetaculares de Paris. Finalmente, a Galerie Colbert, tem a particularidade de não ter lojas. Sua estrutura coberta por uma cúpula de vidro, abriga o Institut National d’Histoire de l’Art e o Institut National du Patrimoine. A entrada é livre para percorrer a galeria e você pode parar para almoçar na brasserie Grand Colbert, localizada na entrada e famosa por sua arte deco.

Parque La Villete – Nessa foto vemos ao fundo o museu, e a frente o cinema 360° ( La Géode)

A sexta dica é o Parc de La Villette: esse parque futurístico, também fica no 19th arrondissement e é a opção perfeita se você está viajando com crianças! Além de museus, em especial o Museu da Ciência e Tecnologia (para todas as idades, imperdível), ele possui um cinema em 360° e um enorme parque para as crianças brincarem!

Compras na Rue de Rivoli: a Rue de Rivoli é a rua do Louvre, paralela com o Rio Sena. Quando eu fui, saí do Louvre e fui andando procurando algo para comer e me deparei com o paraíso das compras! Essa rua tem uma diversidade enorme de lojas, principalmente para quem quer comprar sem gastar muito. Então se você estiver procurando um lugar para fazer compras em Paris, sem ser a Champs- Elysées, a Rue de Rivoli pode ser uma ótima opção. A área da Opera Garnier também é bem legal para quem gosta de fazer compras!

Enfim, aí estão as 7 dicas prometidas sobre lugares diferentes em Paris. Quando for visitá-los não deixe de marcar nosso Instagram em suas fotos @atelierdeviagem, e caso queira maiores informações sobre Paris, é só entrar em contato por email! Espero que tenham gostado das dicas e aproveitem a viagem.

Por: Giulia Furtado

Please follow and like us: