UMA VISITA À EXPOFLORA EM HOLAMBRA

Em 2019 o Expoflora irá acontecer de 30/08 a 29/09 .

ATUALIZADO EM 23/05/2019

EXPOFLORA

EXPOFLORA

Em setembro de 2017, aproveitamos o feriado do Dia da Independência que caía numa quinta- feira, e decidimos conhecer Holambra e a Expoflora. Como gostamos de um “roadtrip” e o nosso tempo era suficiente, decidimos ir de carro. A estrada é ótima e fica melhor ainda quando saímos do estado do Rio e entramos no estado de São Paulo. No total, são mais ou menos 8 horas de viagem (em torno de 600km) mas como disse anteriormente, gostamos de um “roadtrip”, então o trajeto não foi nenhum sacrifício. Saímos bem cedo de casa e paramos em um restaurante na estrada já no estado de SP para almoçar. Chegamos em Holambra logo após o almoço. Se você não é adepta à “roadtrips” pode também fazer essa viagem de avião, mas daí, a melhor opção é voar para Campinas (Viracopos) e de lá alugar um carro para seguir até Holambra.

Sobre a cidade:

Holambra é uma cidade pequena (aproximadamente 11 mil habitantes) e muito bem cuidada. As ruas são floridas e a cidade toda tem uma estrutura muito boa para receber visitantes. O nome da cidade se originou da junção de Holanda+America+Brasil = HOLAMBRA e a cidade parece mesmo com a Holanda! É uma antiga colônia

holandesa e em algumas partes da cidade você consegue ver traços holandeses na arquitetura e também muitos restaurantes com comidas típicas holandesas.

Onde ficar:

Nós decidimos nos hospedar no Parque Hotel Villa de Holanda que fica a uns 10 minutos de carro do centro da cidade e adoramos! Esse hotel tem duas unidades, uma bem no centro da cidade que se chama Villa de Holanda e esse, aonde nos hospedamos que se chama Parque Hotel Villa de Holanda. O hotel é muito confortável e agradável. Possui uma área externa com uma piscina super legal e os quartos são modernos e bem equipados. O pessoal do hotel é muito cordial e nos atenderam muitíssimo bem durante a nossa estadia. O café da manhã é farto e bem servido em frente à piscina, e nós demos uma sorte incrível pois pegamos dias quentes e ensolarados. Inicialmente eu estava pensando em me hospedar no hotel do centro pois pensei que seria mais fácil o deslocamento para a Expoflora mas depois decidi ficar no Parque Hotel e foi a melhor decisão de todas,pois de qualquer maneira o carro é necessário para chegar ao evento e eu não vi dificuldade nenhuma em estacionar por lá. Em relação à logística, mesmo que você fique hospedado no Centro da cidade, terá que usar o carro para se deslocar até o pavilhão onde é realizada a Expoflora, que fica na entrada da cidade.

Abaixo, algumas fotos do hotel para vocês verem:

A Expoflora

A Expoflora é a maior exposição de flores e plantas ornamentais da América Latina e acontece anualmente entre os meses de agosto e setembro para dar boas- vindas à chegada da primavera. O evento é bastante movimentado e chega a receber até 300 mil turistas cada ano. O espaço aonde acontece o evento fica muito cheio e eu recomendo que vocês cheguem bem cedo para evitar filas na entrada. Possui uma área bem grande de estacionamento e os ingressos podem ser comprados com antecedência pelo site ou até mesmo os hotéis da região organizam a compra dos ingressos para seus hóspedes.

Logo na entrada da exposição você também pode contratar o passeio turístico. No passeio, que pode ser feito de ônibus turístico ou minivans, você visita os pontos turísticos da cidade acompanhada de um guia que vai contando a história da cidade, como ela se formou além de outros fatos interessantes sobre a produção das flores. Ao final do passeio eles te levam até uma fazenda de flores, onde vc entra nos campos para tirar fotos. Confesso que fiquei meio decepcionada com essa parte, pois esperava uma linda fazenda de tulipas e outras flores, entretanto são pequenas partes que são montadas para receber visitantes pois os locais mesmo aonde as flores são cultivadas não são abertos à visitação devido à fragilidade das flores. Compreensível mas decepcionante…Após a visita às fazendas você retorna à exposição e aí sim….que coisa linda!

Eu amei visitar a Expoflora!!! O ambiente é lindo e preparado com muito carinho para os visitantes. O Parque de Exposições é enorme e você fica um dia inteiro lá sem perceber o tempo passar. A estrutura é muito boa e está dividida em diversas áreas. Tem uma área com stands vendendo produtos de artesanato, uma área enorme de alimentação com várias comidas típicas holandesas, uma outra área onde você encontra ambientes decorados com flores para festas típicas como Halloween, Natal, Festa de 15 anos, Festa de casamento ,etc, uma área decorada com projetos de jardinagem, uma outra área com flores híbridas dentre várias outras.

Tem também muitos espaços preparados para você tirar fotos incríveis com cada decoração de flores de cair o queixo! Durante o dia você também vai se divertir e se encantar com as apresentações de danças típicas holandesas. Crianças e adultos dançando e cantando, vestidos tipicamente como os holandeses!

Além de tudo isso, todos os dias as 16:00 tem a Parada das Flores e logo após, às 16:30, a Chuva de Pétalas.

Além da Expoflora

Já que você veio até Holambra, aproveite para visitar outras atrações que existem na cidade além da Exposição…aqui listo algumas delas:

1 – Moinho Povos Unidos – um autêntico moinho holandês que fica logo na entrada da Expoflora. Pagando um ingresso de R$10,00 você pode subir até o topo do moinho.

2 – Portal da Cidade

3 – Lago Vitória Régia

4 – Boulevard Holandês – uma rua que te leva até a Holanda, com casinhas típicas e vários restaurantes para você se deliciar com a culinária holandesa.

       

Restaurantes recomendados

Fomos almoçar um dia no famoso restaurante “The Old Dutch”. O proprietário é um autêntico holandês muito simpático e está sempre na casa. O restaurante é simples e tem uma comida farta e deliciosa. Se você aprecia a culinária holandesa com suas salsichas, queijos, croquetes e molhos deliciosos, certamente vai gostar de lá!

Em outro dia também fomos comer no restaurante/confeitaria mais tradicional da cidade o Martin Holandesa, esse restaurante/confeitaria foi fundado em 1955 por um holandês e até hoje conserva a tradição de servir os melhores doces holandeses e pratos salgados típicos.